perspectivas

Parece que os prostitutos e prostitutas pretendem agora que a prostituição seja considerada uma profissão respeitável que contribua para a redução do défice do Estado. Por exemplo, pretendem criar o Sindicato dos Trabalhadores do Sexo; e ter um livrinho de recibos verdes que inclua o respectivo pagamento do IVA às Finanças. E se o cliente for um estrangeiro, a transacção será isenta de imposto ao abrigo do Código do IVA, por se tratar de um serviço de exportação.

Ver o post original 674 mais palavras