O Símbolo se constrói

Barack Obama, que será agraciado com Prêmio Nobel da Paz, acoberta-se no caloroso manto dos atos justificados, pois que a avaliação do pacifista é meramente especulativa, teórica, chamuscada pela tendência sueca em dignificar símbolos. Mas se o Símbolo se constrói sobre fundamentos precisos e relevantes, ao caso tal não ocorre. Veremos, portanto, o desfecho da narrativa, que se constrói opostamente ao termo que lhe ofertam.